O preparo dos sucos

Prefira frutas e legumes frescos.

As frutas da época estão em  pleno vigor na safra, são mais saborosas e o custo é menor.
Frutas e hortaliças provindas de pomar ou horta caseira podem ser mais bem aproveitadas quando congeladas ou transformadas em geléias.

A pirâmide alimentar  recomenda a ingestão de 2 a 4 porções de frutas ao dia.

O suco é uma forma concentrada e não muito calórica de ingerir frutas e vegetais. Quando desejamos fazer um suco menos calórico basta transformá-lo em refresco, acrescentando água.

Liquidificar a fruta reduz as fibras e fibras são importantes para a saciedade lubrificação do bolo fecal. Os sucos quando consumidos sem coar, conservam parte das fibras.
Sucos elaborados com grande quantidade de frutas como o de laranja, tornam-se calóricos:
             – Utilizam-se 4 a 5 laranjas para um copo de suco.

Os sucos se tornam mais nutritivos quando compostos a partir da combinação de frutas com vegetais crus.

As frutas devem ser higienizadas, com produto sanitizante próprio para alimentos.

Ao descascar as frutas, retirar o mínimo de polpa possível, pois boa quantidade de nutrientes estão próximos á casca.

Quando utilizar somente uma parte da fruta ou da hortaliça, aproveitar o restante em sopas, saladas e outras preparações.

Prefira frutas orgânicas.

Adoce o suco somente quando necessário. Muitas frutas já são suficientemente doces não sendo necessário o acréscimo de açúcar. Contem frutose, um monossacarídeo que é o próprio açúcar das frutas. Experimente o suco antes de adoçar.
Os adoçantes são mais saudáveis quando extraídos de plantas naturais.
.
Prepare sempre o suco momentos antes de servir pois as vitaminas são voláteis e evaporam.