Quais são as energias elétricas sustentáveis

A importância da eletricidade no nosso dia a dia

Um exercício para refletir sobre a importância de energia elétrica pode ser vivenciado desligando a chave de luz de sua casa por alguns dias.

Sem a energia que vem dos fios e postes da rua pouco ou nada podemos fazer.

A sem eletricidade a comida perecível não pode ser estocada (adeus iogurtes, legumes, frutas, maionese, etc), o computador não liga, o modem de internet funciona, a tv não vai funcionar, o chuveiro não vai esquentar, eletrodomésticos, maquinas de costura, fabricas não vão produzir… CAOS

Ainda bem que ainda existem fogões a gás, lápis, papel e baralhos, eles sempre nos mantém ativos quando a luz falta em casa nos lembrando que exite vida longe das tomadas.

Seguindo o fio elétrico

A energia elétrica que chega a nossas tomadas não nasce nos postes, ela é gerada em usinas e percorre milhares e milhares de kilometros através de fios metálicos até chegar na nossa casa, são toneladas de metal e concreto até o choque na tomada.

Seguindo os emaranhados de fios encontraremos na outra ponta as usinas de geração de energia que no Brasil podem ser hidráulicas, eólicas, nucleares ou térmicas.

Alguns privilegiados mentalmente e geologicamente possuem em seu quintal usinas de biodigestão, solares e heólicas, ou seja geram energia elétrica em seus quintais e por vezes fazem acordos com a companhia de energia para revender o excedente de produção própria de energia.

As pessoas que conduzem a energia.

Mais de 110 mil pessoas em todo Brasil trabalham para levar a luz a sua tomada.

O trabalho direto com a eletricidade é muito perigoso e anualmente cerca de 290 pessoas morrem ao ano por acidentes com a rede elétrica em seu trabalho.

Atitudes sustentáveis para o consumo de energia elétrica.

A redução do consumo da energia é fundamental, estamos gastando energia para coisas desnecessárias.

Exemplo: Quantas donas e casa não usam processadores para cortar 1 pepino! depois de cortar ainda tem que lavar e gastar um montão de água. Um ralador resolveria isso até mais rápido.

O que quero mostrar com o exemplo acima é a necessidade de pensar em tudo que envolve nossas ações, 100 processadores ligados exigem um quantidade de energia elétrica que manteria uma lampada ligada por 2 dias.

Consumir menos energia é fundamental par o desenvolvimento do país e preservação do meio ambiente, quanto menos dinheiro se gasta gerando energia mais se investe em educação, e quanto menos regiões alagamos para construir hidro elétricas menos prejuízos ao equilíbrio ambiental temos.

Formas de gerar energia

Depois da economia de energia temos que pensar na melhor forma de gerar essa energia.

Boas formas de geração de energia:

  • Energia geotérmica – Energia que usa o calor geotérmico em regiões vulcânicas para geração de energia através de evaporação e condensação de água. Não gera resíduos nem destrói biosfera.
  • Energia eólica – Energia que aproveita a força dos ventos para gerar energia. Não gera resíduos e não causa devastação local nem impactos graves ao equilíbrio da biosfera.

Todas as formas de geração de energia acima tem um impacto mínimo para o equilíbrio do meio ambiente.

Formas interessantes de geração de energia:

  • Energia térmica gerada por gazes de bio digestão porque usa os gazes de decomposição de matéria orgânica para gerar a energia elétrica (mas produz gases)

Formas de gerar energia com impactos ambientais:

  • Energia hídrica – a construção das barragens destrói uma vasta área e biomas deixam de existir para dar lugar a água. o impacto é feito todo de uma vez só, uma vez o estrago feito não existem mais impactos recorrentes.
  • Energia das marés – A construção das barragens submersas provoca uma grande alteração no ambiente marítimo podendo até extinguir especies locais.
  • Energia foto voltaica (solar) – As placas foto voltaicas perdem a capacidade em 10 anos, e após o fim da vida útil das placas elas são um lixo difícil de reciclar e ninguém sabe qual a melhor forma de descartar essas placas, geralmente elas acabam no fundo do oceano junto com o lixo nuclear.
  • Energia térmica por tecnologia de plasma. – Através desta tecnologia o “lixo vira  carbono” e gera energia elétrica com baixa emissão de gases. Ao queimar resíduos que podem ser reutilizados e torná-los carbono somos obrigados a extrair mais recursos do planeta para produzir mais recursos, causando um desequilíbrio na proporção de consumo e extração de recursos do planeta.  A reciclagem e a compostagem destes resíduos sempre será a solução mais inteligente, pois distribui renda e diminui a quantidade de extração de recursos naturais do planeta sem diminuir nossa qualidade de vida.

Formas Péssimas de geração de energia:

  • Energia nuclear – Gera um lixo que não pode ser descartado e que mesmo sendo lixo ainda assim é muito nocivo a saúde de qualquer ser vivo. Acredito ser desnecessário falar sobre os risco de acidentes nucleares que podem destruir uma cidade toda e torná-la inabitável por séculos.
  • Energia térmica por queima e combustíveis fósseis – Causam devastação para obter o combustível e geram muito gases maléficos a nossa saúde e  a saúde do planeta.


 Você está ligado?

O primeiro passo para a conscientização do consumo de energia é saber de onde vem e para onde vai a energia que passa por sua residência, como consumi-la para reduzir o seu gasto, será bom para o seu bolso, para o planeta e para as gerações futuras.