Como tratar as águas cinzas

Esta é uma proposta de conservação de água nas residências utilizando fontes alternativas de suprimento.
Este é um método de reutilização de águas cinzas para fins não-potáveis, tais como lavagem de veículos, irrigação de jardins, descarga de vasos sanitários, etc.

O que são águas cinzas?

As águas cinzas são coletadas em diversas fontes (lavatório, chuveiro, pia de cozinha, tanque e de máquina de lavar roupa). Essas águas tem concentração de matéria orgânica rapidamente biodegradável e sulfatos, sendo o tratamento relativamente fácil.

Veja na figura abaixo uma ilustração do projeto:
Sistema de tratamento de águas cinzas

Como fazer o sistema para tratamento e reaproveitamento de águas cinzas

Material:

  •  Pedrisco
  • Brita
  • Casca de arroz
  • Solo
  • Areia
  • Lona plástica
  • Plantas (Papiro, Lírios ou Juta)
  • Canos de Pvc
  • 5 reservatórios de água

Os reservatórios podem ser caixas d’água, caixas de cimento impermeabilizado ou recipientes com resistência e impermeabilidade similar. Cada tanque deve ser calculado com capacidade para tratar no mínimo 200 Litros de água/dia por pessoa.

Como fazer:

1. O primeiro passo é separar o esgoto da casa em as águas cinzas e negras, ou seja, separa-se o esgoto dos sanitários do restante do esgoto da casa. A água provinda dos sanitários é chamada de água negra pois possui muitos coliformes fecais e outros micro-organismos muito resistentes, que são prejudiciais á saúde é não existe um tratamento eficaz destas águas.

Caixa de Gordura

Figura 1

2. A água cinza usada na casa será despejada em um primeiro tanque, que deve estar enterrado abaixo do nível do solo, nele ocorrerá a separação da água e do óleo, a água irá para o fundo do tanque onde será colocado o escape  para o segundo tanque. O óleo ficará flutuando longe do alcance do escape de água.
Esta caixa deverá possuir uma tampa para a manutenção onde periodicamente (o tempo de manutenção depende do numero de habitantes da casa) deverá ser limpa com ajuda de um balde, retirando o excesso de óleo.

3. O escape de água deve ser colocado no fundo da caixa e subir até o topo da próxima caixa : veja o detalhe na figura 2.

Ligação entre as caixas de tratamento

Figura 2

 

 

4. Este é o tanque de filtragem mineral anaeróbio, ou seja, as pedras vão alcalinizar a água, e reter os resíduos sólidos (pedaços de sujeira). O ambiente com ausência de ar irá acabar como micro-organismos que necessitam de oxigênio para sobreviver.

Tranque filtro de Brita

Figura 3

A manutenção deste tanque deverá ser feita 1 vez ao ano com jato d’água de grande pressão.

5. Monte um novo escape de água conforme figura 2.

6. Esta água deverá ser filtrada  por um “tanque vivo”, ou seja, um tanque formado com:

  • britas no fundo (15% da capacidade do tanque)
  • solo misturado e casca de Arroz no centro ( cerca de 60% da capacidade do tanque,
  • casca de arroz na camada superior ( cerca de 15% da capacidade do tanque) onde deverão ser plantadas uma das espécies das plantas citadas na lista de materiais. São plantas de raízes profundas com ótima capacidade de absorção de resíduos.
Tanque de filtros vivos e uso de Raizes

Figura 4

A manutenção deste tanque devera ser feita a cada um ano e meio com a troca total de seu conteúdo.

7. Monte um novo escape de água conforme figura 2.

Tanque tratamento de água aeróbico

Figura 5

8. Cave um buraco no solo com cerca de 50 cm de profundidade e 2 x 1,5 metros. Cubra o buraco com uma lona, prenda as beiradas com areia, pedriscos e terra.

No fundo do lago deposite cerca de 3 cm de areia e 3 cm de pedriscos ou pedras ornamentais.
Plante no fundo do lago plantas aquáticas e  coloque aguapés na superfície, plantas de folha larga que boiam na água ( os aguapés se reproduzem muito rápido e o excesso deverá ser constantemente retirado).
A manutenção deverá ser feita em casos de ruptura da lona ou se ocorrer acúmulo de dejetos nas pedras.
Este tanque sendo oxigenado  acabará com boa parte dos microrganismos que não resistem a presença do oxigênio. As plantas aquáticas também fazem um trabalho tratamento da água.

 9. Coloque um escape com filtro de tela na borda do lago, conforme figura abaixo:

Filtro de resíduos

Figura 6

10. Faça um novo tanque anaeróbico de minerais como o 2º  tanque.

tanque tratamento brita anaerobico

Figura 7

11. Monte um novo escape de água conforme figura 2.

12. Este ultimo tanque é um reservatório comum, uma caixa d´água para armazenar o excesso d´água.

Reservatório de água filtrada

Figura 8

13. No fundo do tanque instale um escape com ligação para bomba d’água que  transportará a água até a caixa d’água novamente.

14. A caixa d’água deverá alimentar as descargas dos banheiros, maquina de lavar roupas, tanque de lavagem de roupas, mangueira de jardim e toda saída de água que não seja destinada e higiene pessoal e ingestão.

Cálculo de dimensionamento:

O modelo mínimo deve possuir tanques(caixas) de 200 Litros, suporta o tratamento do consumo de água  diário de uma família de até 4 pessoas.

Para famílias maiores aumente o tamanho em  100 Litros ao tamanho de cada caixa a cada grupo adicional de 3 pessoas, ou seja:

  • 1 a 4 moradores : caixas de 200 Litros
  • 5 a 7 moradores : caixas de 300 Litros
  • 8 a 10 moradores: caixas de 400 Litros
  • 11 a 14 moradores: caixas de 500 litros
  • etc

Notas:

  • Prefira sempre que possível o super dimensionamento do sistema, o numero de hóspedes frequentes na casa e a velocidade crescimento da família sempre podem superar nossas expectativas.
  • A implantação deste sistema necessita uma caixa d’água Híbrida alimentada pela água reutilizada e água encanada, para suprir o abastecimento local caso o volume de água reaproveitada não atinja o volume de água necessário para as atividades de irrigação, descarga e lavagem de pátios.

23 Comentários

  1. Zuleima disse:

    Olá Karin!!
    Estou construindo no sítio onde vou morar e fiquei bastante interessada neste sistema de tratamento de águas cinzas. Só gostaria de saber a fonte da publicação. Em qual livro, revista, instituição, etc… você conseguiu informações sobre este sistema?
    É mesmo eficiente ??

  2. Oi Zuleima,

    O esquema que desenhei no site é fruto de estudos meus sobre tratamento de água em ambientes aeróbicos e anaeróbicos.
    Usei referencias do arquiteto do “manual do arquiteto dos pés descalços”, um programa de rede cultura (não lembro qual) que assisti a 5 anos atrás e um esquema feito por estudantes de uma universidade do Rio grande do SUL sobre tratamento aeróbico e anaeróbico de águas cinzas(o PDF original não está mais disponível na internet).

    At
    Karin Zan

  3. Antonio Carlos Priore disse:

    Estou aproveitando água da máquina de lavar roupas para as descargas da casa. Estou bombeando esta água para duas cauxas d’água no telhado. Acontece que a mesma está com um cheiro forte, como posso eliminar este cheiro? Pensei em colocar nas caixas aquela margarida igual aquelas usadas em piscinas com cloro… |Será que funciona? Grato!!!

  4. Oi Antonio,

    Você precisa usar ao menos 2 filtros:
    - um filtro orgânico(uma caixa com uma plantas aquáticas)
    - e um filtro anaeróbico(uma caixa onde não entre ar) (onde a água possa permanecer no mínimo 24 horas sem acesso ao oxigênio)

    Estes filtros vão eliminar a bactérias aeróbicas e anaeróbicas, ambas podem causar o mau odor.

    Se usar o esquema completo do artigo “Como tratar as águas cinzas” além de inodora a água ficará translucida.

    At
    Karin Zan
    At
    Karin Zan

  5. Victor disse:

    Boa tarde, gostaría de saber o custo aproximado de instalação e também fiquei um pouco intrigado em relação a etapa na qual os resíduos passam pelo filtro “orgânico-vivo” feito de plantas aquáticas… fiquei em dúvida em relação a praticidade inclusive de manutenção e principalmente na questão da dengue que em algumas regiões chega a ser quase uma epidemia.
    Grato desde já, e no aguardo.
    Victor Bezerra.

  6. Oi Victor,

    Não tenho como calcular um curso, para calcular é necessário Saber o tamanho do sistema que deseja fazer. Se me informar quantas pessoas viverão ou frequentarão a casa onde será instalado te ajudo a calcular a quantidade de materiais necessários.

    Sobre a dengue, a água deste sistema é corrente, não fica parada, toda torneira ligada faz a água circular.

    A manutenção deve acontecer a cada 6 meses no tanque de gordura, e nos tanques de brita e pedras a cada ano.

    At
    Karin Zan

  7. CLAUDIA disse:

    Oi karen. Tenho um restaurante na beira da rodovia e onde ele foi construído é aterro, por isso a fossa que tenho não e eficiente. A água que uso na cozinha esta me dando trabalho pois devo usar uns 5 mil litros por dia de água e a fossa não esta suportando tanta água .A agua da descarga do banheiro e separada cai em outra fossa.Tem como fazer esse tratamento de água e utilizar essa água para lavar a calçada e o patio. Que tamanho cada reservatorio teria que ter? Isso e viável?? Obrigada pela atenção e aguardo resposta .Claudia

  8. Oi Cláudia,
    como o consumo de água é muito grande no seu estabelecimento os tanques teriam que ser grandes também.
    Se acha que o volume de água se manterá em 5000 litros de água por dia tem que fazer tanques com tamanho proporcional a 50% do volume de água usado.
    A água limpa poderá ser usadas para lavar o pátio em 3 dias.

  9. Afranio de Oliveira disse:

    Gostaria de saber se as caixas podem ser de materiais alternativos como tambores plasticos? e que tamanho devem ter cada um, pra uma casa com 2 pessoas?

  10. Oi Afranio,

    Reparei que o cálculo do tamanho das caixas estava difícil no artigo, então aproveitei para revisar todo e esquema e melhorar algumas coisas no post.

    Incluí uma nota de calculo no final do artigo que ensina a fazer as contas de forma mais fácil. Ela vai te ajudar.

    Sobre os tambores plásticos se eles forem resistentes e de procedência conhecida pode usá-los. Muito cuidado para não usar tambores de agrotóxicos ou produtos químicos pesados, você poderá comprometer a saúde de sua família sem saber se não se atentar a isso.

  11. gostei montei deu certo

  12. Marcos disse:

    Olá! Vivo no semi-árido Nordestino em uma casa e estou tentando usar alternativas sustentáveis. Gostaria de saber se posso usar caixas d’água redondas como reservatórios de tratamento. Agradeço desde já!

  13. Oi Marcos, pode sim.
    Se for construir o sistema e tiver duvidas por favor me contate, tentarei esclarecer suas dúvidas a distancia.

  14. Oi Anderson,

    Obrigada pelo retorno.
    É sempre muito gratificante obter retorno do nosso trabalho.
    Se quiser envie fotos para colocar aqui no site.

  15. José Cláudio Ramos disse:

    Oi Karin,

    Estou executando obras em minha casa, em construção, para o reaproveitamento de águas de chuva conjugada com águas cinzas. Meu problema até o momento, tem sido a busca por processos de remoção dos sabões e do sal, até o momento não encontrei informações sobre esse assunto.

    Você acha que a concentração pode tornar-se alta em demasia para que sejam inviáveis à irrigação de jardins? O maior dos tanques de reservação terá aproximadamente 60 m3 ou mais.

    Aguardo seu contato.

  16. Jamile Maciel disse:

    Karin, sou estudante e usei seu projeto em um trabalho, porém o professor pediu que seja anexada o calculo e o custo do mesmo. Tem como você me ajudar.
    Sabendo que o seu nome esta com todos os méritos no trabalho
    Obrigada
    Jamile Maciel

  17. Oi Jamile,

    Você fez o projeto para quantas pessoas, especificou o tipo de material que pretende usar, deixei em aberto os materiais…

    O seu foco é uma construção para famílias carentes ou um projeto fácil de ser padronizado para industria da construção civil.

    Determine se o foco é padronização técnica ou assistencial para comunidades carentes.

    Se decidir pelo Assistencial determine algumas regiões do Brasil, assim podemos pesquisar materiais locais e fazer diferentes cálculos de custo.

  18. Oi José,
    Que tipos e quantidades de sabões e sal pretendes usar na sua casa? (rs)

    Mais impostante que tratar a água é usá-la com consciência. A escolha responsável dos produtos que serão usados junto a água é o primeiro e mais importante passo do tratamento dela. Prefira sempre os sabões, ao comprar detergentes procure nos rótulos os que têm tensoativos biodegradáveis (Veja mais no site da Anvisa http://www.anvisa.gov.br/legis/portarias/393_98.htm)

    Os sabões(os duros feitos de óleos e sais(soda cáustica, breu, cinzas, etc ) normais, quando usados sem exagero são quebrados por enzimas presentes no meio ambiente.

    Os sais são naturais, estão presentes em todos os solos e são alimento das plantas, no sistema de tratamento de águas cinzas os sais serão totalmente absorvidos pelas plantas, se acha que suas águas são muito carregadas com sais use um tanque com plantas típicas de manguezais ou áreas litorâneas…

  19. Marco sales disse:

    Usando esse sistema a Agua pode ser usa para irrigar as fruteiras?

  20. Eduardo Aguiar de Almeida disse:

    Prezad@s, estou procurando reproduzir o esquema sugerido para tratamento de águas cinzas, mas alguma coisa não está dando certo. As águas cinzas no terceiro tanque, está com mau cheiro muito grande e gerando foco de muriçocas (mosquitos). O processamento anaeróbico nos dois primeiros tanques não deveriam retirar esse cheiro? O que devo fazer? Já me sugeriram abandonar esse esquema e adaptá=lo ´para o esquema do círculo de bananeiras, com sumidouro no meio, mas estou em dúvida. O certo é que preciso de solução o quanto antes.

  21. Oi Eduardo.

    O esquema das águas cinzas deve ser usado apenas para água Cinzas, ou seja de torneiras e chuveiros.

    Você fez a separação entre as águas cinzas(sem ou com pouco resíduo orgânico) e negras(ricas em resíduos orgânicos, inclusive fezes e urina)?

    Qual o volume de água usado na casa e qual a dimensão dos tanques?

  22. Oi Marco, pode sim.